5 erros que os cervejeiros caseiros iniciantes cometem (e como evitá-los)

Os entusiastas da cerveja recorrem à produção caseira para economizar dinheiro, fabricar suas próprias bebidas exclusivas e, em geral, fazer parte de um costume igual ao do seus antepassados. A empolgação e o entusiasmo associados a esse hobby podem fazer com que os recém-chegados cometam alguns erros em etapas básicas, causados até por afobação.


Ao longo da jornada de aprender a preparar, todos cometerão erros. É inevitável, e acontece com o melhor de nós. É por isso que aprender o máximo possível sobre a produção caseira é essencial para todos, indiferente de ser iniciante ou não. Não apenas para garantir que você esteja produzindo o melhor produto, mas para não perder muito tempo e dinheiro ao longo do caminho.


A seguir, apresentamos alguns dos erros mais comuns cometidos pelos homebrewers iniciantes. Se você já fez alguma dessas coisas, não se preocupe... todos nós cometemos algum destes erros ou todos eles. Mas, eis o que você precisa saber para evitá-los!

1. Afobação


Tentar logo de cara elaborar uma cerveja difícil ou criar um lote muito grande é a receita certa para o desastre de qualquer novato.


Lembre-se, a fabricação de cerveja caseira é igual a fermentação da sua cerveja, afinal - ambos precisam deixar suas habilidades amadurecerem e se desenvolverem. Isso faz parte da diversão. É aí que você aprende mais sobre o ofício.


Os iniciantes devem começar com uma receita simples e planejar uma pequena quantidade. Tente planejar com antecedência e saber quais equipamentos você utilizará, antes de descobrir no meio do lote que está faltando alguma coisa. Comece devagar, aperfeiçoe a técnica e depois vá experimentando aumentar a produção e criar cervejas onde as receitas são mais complexas. Paciência é essencial nesta fase.


2. Ignorando todas as limpezas e sanitizações importantes


A limpeza e higienização adequadas são as práticas mais importantes na fabricação da cerveja caseira. Mãos, superfícies e equipamentos sujos podem contribuir para a introdução de bactérias e outros ingredientes que podem arruinar o seu lote. Isso acontecerá se você não sanitizar devidamente o seu equipamento.


Cervejeiros experientes limpam todos os seus equipamentos e superfícies durante todo o processo de fabricação. É recomendável que você obtenha uma solução de limpeza ou desinfetante feita especificamente para cervejeiros. Os materiais riscados e danificados devem ser substituídos imediatamente, pois tendem a armazenar mais bactérias.


Isso realmente não pode ser subestimado. Você absolutamente deve limpar o seu equipamento se quiser que seu produto final tenha o sabor desejado. O menor contaminante altera o sabor, a clareza e a cor geral da sua cerveja.


3. Usando água de baixa qualidade


A água é o ingrediente mais simples, mais barato da fabricação de cerveja, mas muitos fabricantes ainda usam água da torneira para suas cervejas. A água prepara o terreno para a qualidade e o sabor. Pense na água como sua tela em branco. A água da torneira é tudo menos uma tela em branco, pois contém cloro, sólidos dissolvidos e qualquer outro número de contaminantes que afetam muito o sabor. Prefiro usar água de nascente ou fonte mineral que tenha passado por uma unidade de filtragem de osmose reversa/desionizada.


4. Deixar de seguir as instruções


Homebrewers experientes têm uma coisa importante em comum: precisão.


Os iniciantes geralmente deixam de fazer medições precisas dos ingredientes, geralmente o resultado da impaciência ou a falta de leitura cuidadosa das instruções. Açúcar extra pode carbonatar uma bebida em excesso, e até ingredientes vencidos recentemente podem azedar um lote. Se você começa com um kit de ingredientes de cerveja ou combina ingredientes individualmente, seria prudente seguir sua receita a risca e com precisão, além de fazer anotações ao longo do processo.


5. Negligenciar o controle de temperatura


O controle adequado da temperatura é vital para produzir cervejas da melhor qualidade. Os iniciantes geralmente falham em monitorar as temperaturas durante o processo de fermentação, que podem ser afetadas por um local muito quente ou frio.


Os termômetros são os melhores amigos de um cervejeiro caseiro, portanto, certifique-se de ter um . A embalagem de levedura quase sempre inclui faixas de temperatura ideais para fermentação e armazenamento, além de outras instruções pertinentes.


Por último, os cervejeiros iniciantes devem adquirir o hábito de monitorar o mosto enquanto cozinha, pois é conhecido por criar uma grande bagunça quando cozido em excesso.

Lembre-se: a prática leva à perfeição


O cervejeiro caseiro de sucesso se resume a ter paciência, seguir as instruções, usar os ingredientes adequados e entender as limitações. Eu recomendaria que qualquer fabricante de cerveja novo aproveitasse todos os recursos disponíveis. Seja um livro simples sobre fabricação de cerveja ou dicas de outro homebrewer, é aconselhável ouvir qualquer pessoa que possa lhe oferecer algumas dicas.


Mais importante ainda, como todos os hobbies, a fabricação de cerveja deve ser divertida. Felizmente, evitar os erros listados acima ajudará a manter esse hobby tão gratificante quanto deveria.


Fonte: Kegerator

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014