Brewtroleum – O biocombustível a base de cerveja

Após a parceria entre a cervejaria neozelandesa DB Export e a distribuidora de combustíveis Gull, foi criado um biocombustível a base de cerveja.


Brewtroleum – O Combustível com cerveja da DB Export


Na prática, o combustível não é muito diferente do que é comercializado aqui no Brasil onde o etanol é adicionado à gasolina.

A Cervejaria notou que é possível retirar álcool dos sedimentos sólidos que sobram do processo de fermentação. Na criação desse biocombustível, nada muito diferente, 90% de gasolina e 10% de etanol, também conhecido por E10.

“Identificamos a oportunidade de aproveitar as sobras do processo de fabricação em algo que pode ajudar o ambiente. Então começamos a fazer nossa parte a partir do que o neozelandês mais gosta: tomar cerveja”, disse Sean O’Donnell, diretor de marketing da cervejaria.

Chamada de Brewtroleum, o combustível emitiria 8% menos de carbono do que a gasolina comum à atmosfera e ainda possuindo um índice de octanagem de 98 octanas o mesmo da gasolina Podium, vendidas nos postos BR.

Elevados índices de octanagem fazem que o combustível seja mais econômico pois sua taxa de combustão é maior que os combustíveis comuns.

Na bomba, o novo combustível esta custando NZ$ 2,03 o litro cerca de R$4,30. Em sua primeira produção foram feitos cerca de 300mil litros o que é possível utiliza-lo durante 6 semanas para testes e viabilizar a produção definitiva.


Fonte: DB Export

#Brewtroleum #Cerveja #Combustíveldecerveja #DBExport #CervejaArtesanal

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014