Briga belga: cervejarias entram na justiça por conta do diabo


Pois é, chega a ser cômico ver um caso desses, onde a cervejaria que fabrica a Duvel (diabo em flamenco), processa a cervejaria que produz a Deuce (diabo em inglês), entenda o caso:

A 7ª Vara Empresarial do Rio está resolvendo uma briga satânica entre duas cervejarias belgas, sendo uma delas a Brouwerij Moortgat, dona do primeiro diabo, a cerveja Duvel de 1923, que abriu processo contra um diabo com dupla cidadania, a cerveja Deuce, fabricada e envasada na Bélgica para ser revendida no Brasil, o dono, Xavier Depuydt, é um belga radicado no Rio desde os anos 1990, ele trouxe a cerveja Deuce para o país, porém, as semelhanças entre as cervejas são gigantescas:

  1. As cervejas são do mesmo estilo, duas Belgian Strong Golden Ale

  2. O teor alcoólico das cervejas é exato 8,5%

  3. As cervejas possuem os lúpulos Golding e Saaz, porém, a brasileira ainda adiciona um terceiro lúpulo, o Magnum, mas, a Brouwerij Moortgat sempre faz a sua versão Tripel Hop, adicionando mais um lúpulo na receita da tradicional Duvel, por enquanto o Magnum ainda não foi escolhido, mas quem sabe nas próximas edições?

  4. O nome Duvel em flamenco tem o mesmo significa que Deuce em inglês; Diabo!

  5. Para finalizar; os rótulos, cor da tampa e modelo da garrafa:

Duvel x Deuce / Reprodução


Fonte: Empreendedor Cervejeiro

#BelgianStrongGoldenAle #BrouwerijMoortgat #Deuce #Duvel

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014