• Maria da Hora

Carta de Cervejas

Carta ou cardápio de cervejas, você já parou para analisar sobre quem a elabora e por que é importante para os estabelecimentos de bebidas terem uma carta com informações sobre o que irá degustar? Raramente pensamos em detalhes como esses, sem contar que, esquecemos que existe a possibilidade de aplicar a Engenharia de Cardápio, por esse motivo essa matéria é voltada para a elaboração de cartas de cervejas.


A carta é elaborada por um Sommelier ou uma Sommelière de cervejas e esses profissionais irão analisar:

  • O tipo de estabelecimento - se é bar, restaurante, delicatessen, loja de conveniência, loja ou evento;

  • Verificar os produtos já existentes (no caso de um estabelecimento com certo tempo de funcionamento) - verificar se há rótulos mainstream;

  • A localização - se atentar nos arredores, ou seja, se há público e locais que também vendem cervejas;

  • E não menos importante - ouvir a expectativa do cliente e da proposta inicial da carta de cervejas



Para que serve uma carta de cervejas?


A carta de cervejas pode ser um mecanismo muito útil na hora de apresentar a bebida, uma vez que ela pode ser usada como: vitrine, educativa, instrumento de venda, facilidade na hora de escolher o rótulo, agilidade no serviço, ajuda a diminuir o número de questionamentos e é uma ferramenta para a equipe que não é qualificada.


Nenhuma carta é igual a outra, pois cada estabelecimento possuí um público diferente do outro, sendo assim é preciso verificar se a carta atenderá um bar, um restaurante ou até mesmo uma loja ou delicatessen.

  • No caso de um Bar - a prioridade aqui é a bebida, mas precisa entender qual será a proposta do local, será um Pub, Lounge, Boteco temático? A comida ou petiscos vão "acompanhar" a cerveja?

  • Se a carta for para um Restaurante - nesse caso, a prioridade é a refeição, a bebida vem para agregar, então aqui irá analisar o que serve para comer e também o estilo do restaurante, se ele é casual, tradicional, sofisticado, etc.

  • E se a carta for para uma Loja ou Delicatessen - é importante analisar o mix de produtos, a localização do estabelecimento, cidade, bairro e o público.

Após avaliar todos esses critérios, o próximo passo é a elaboração da carta e é primordial que se tenha bom senso a respeito da análise da escolha dos rótulos, uma vez que, todo local bem sucedido no trabalho com cervejas artesanais trará benefícios a todos, ao consumidor e a quem se tenta viabilizar as cervejas.


Os rótulos também precisam de atenção e isso inclui o cuidado com a ruptura dos mesmos (sazonais ou de importação inconstante), não se deve colocar muitos deles numa carta, principalmente se ela for pequena, optar por cervejas consagradas, por exemplo: Fuller´s, Chimay, Duvel e Delirium Tremens, para atrair olhares iniciais, principalmente em casos de clientes novos.


Lembre-se, a carta de cervejas deve ser adequada ao estabelecimento e não ao gosto do Sommelier de Cervejas.

Você faz engenharia de cardápio no seu estabelecimento?


É indicado para todo tipo de estabelecimento que, oferece comida e bebida ou apenas um deles, mas você já fez, refez ou sabe o que é engenharia de cardápio? Quantas vezes você voltou a ver o seu cardápio e pensou pela ótica da lucratividade, otimização e não só por gosto, novidade ou mesmo para acrescentar opções, pois seus clientes reclamam da falta de variedade?


Engenharia de cardápio é o que faz o seu restaurante se manter otimizado, vendendo aquilo que possa trazer maior margem e mantém seus clientes felizes, então aproveita essa dica, acesse a loja do site e garanta o seu e-book sobre Engenharia de Cardápio.



©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014