Cerveja é mais benéfica que o leite para os ossos das mulheres

Segundo um estudo do Centro Nacional de Evaluación de Riesgo de Ostioporosis a cerveja pode ser melhor que o leite ou até mesmo comprimidos de cálcio ao compararmos os benefícios para os ossos. E, especialmente em mulheres, estes efeitos apresentaram dados bem discrepantes em relação à população masculina. O estudo examinou 200.000 mulheres que bebiam cerveja normalmente, eles descobriram que o risco de sofrer de osteoporose era muito menor do que a média, se você é mulher e bebe um copo de cerveja regularmente, é bem menos provável que vá sofrer alguma fratura.


Além disso, outro estudo feito pela New England Journal of Medicine acompanhou 12.000 mulheres e concluiu que aquelas que bebem entre um copo de cerveja por dia têm menos deficiência cognitiva e menos degeneração em sua função cognitiva em comparação com as mulheres que não bebem cerveja.


O segredo


O Lúpulo é uma planta angiosperma presente como ingrediente da cerveja e que tem papel fundamental na formação da bebida. Sendo perene e herbácea, ela cresce em brotos no início da primavera e definha no inverno. Atua como hormônio de reposição natural que pode reduzir as síndromes pré-menopáusicas e, em tempos antigos, era usado por seus efeitos sedativos e anti-sépticos. Na Europa também utilizam de suas propriedades antioxidantes e antidepressivas.


Mas atenção!


Não se deve beber cerveja em excesso! Vale ressaltar que os estudos indicam até um copo de cerveja por dia. Abuso de bebida alcoólica pode trazer problemas.

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014