Cerveja: Quebrando o mito da barriga

O portal Daily Mail apresentou um estudo chamado Beer & Calories; A Scientific Review, que consta que a cerveja tem seus benefícios comprovados para a saúde e ainda para o bem da grande massa consumidora, o mito de que a bebida gera barriga, esse foi quebrado.

Cerveja traz benefícios!

Segundo o estudo, o consumo moderado pode trazer benefícios para o sistema nervoso, sangue, ossos, vesícula e para os rins. Ajudando na prevenção de doenças como pedras na vesícula, osteoporose, AVCs e má circulação do sangue, além de auxiliar em questões como fertilidade, criatividade e hidratação. Ao contrário do que dizem, pelo visto a bebida alcoólica mais consumida no mundo poderá trazer benefícios à saúde.


Quebrando o mito da barriga de cerveja


Indo na contramão disso o consumo exagerado trás malefícios como câncer em diversas partes do sistema digestivo como boca, traqueia e esôfago, além das doenças mais conhecidas como a cirrose, gastrite crônica e hepatite. Ainda contando com a doenças psicológicas, como distúrbio do sono, pânico, irritabilidade  e entre outras. O estudo mostra que a cerveja tem menos calorias do que boa parte das outras bebidas, como vinhos e sucos, por isso as chances de criar a famosa barriga é menor se você consumir a mesma quantidade das bebidas faladas anteriormente.

Segundo a nutricionista da universidade de Nova York, Marion Nestle, a bebida tem calorias e somente por isso pode engordar. “Excesso de álcool aumenta o risco de doenças no fígado e a cerveja pode ocasionar isso tanto quanto qualquer outra bebida. Mas a maior parte das ‘barrigas de cerveja’ resultam do excesso de caloria de modo geral, inclusive pelo consumo elevado de cerveja”.

Parece que a frase “beba menos, beba melhor” não é apenas a frase principal da campanha de marketing nas cervejarias artesanais, mas do seu consumidor, que usufrui da bebida de forma consciente.

Fonte: Terra / Foto : Reprodução

#CervejaeSaúde #CuriosidadessobreCerveja

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014