Cervejaria Backer marca presença no Festival Brasileiro da Cerveja com Belorizontina e outros lançam

Cerveja Backer Belorizontina (Imagem Divulgação)


A Backer, primeira Cervejaria Artesanal de Minas Gerais, participa mais uma vez do Festival Brasileiro da Cerveja e do VI Concurso Brasileiro de Cervejas. Este ano no stand, a marca estará com toda sua linha já conhecida do público cervejeiro e os lançamentos: Fargo, Cabral e Belorizontina.

A Fargo 46 é uma cerveja de estilo escocês que também é conhecido como Wee Heavy ou Strong Scotch Ale. É uma homenagem à paixão dos fundadores da cervejaria por carros antigos. Possui coloração marrom escuro e aromas maltados intensos remetendo a caramelo e sutil defumado. De corpo denso e sabor rico de maltes tostados com amargor baixo e final ligeiramente caramelado.

Já a Cabral é uma homenagem às cervejas produzidas para a aristocracia inglesa do século XVIII cujo objetivo da época era oferecer uma cerveja com teor alcoólico e complexidade similar ao do vinho. Apresenta uma rica e complexa gama de aromas e sabores como o elegante aroma de uvas e ameixas passas, notas de caramelo, toffee e melaço. Corpo denso e sabor rico de malte é uma verdadeira iguaria de inverno. E assim como um bom vinho suas notas vão ficando ainda mais complexas com a guarda prolongada.

E a Belorizontina que foi lançada em dezembro, como uma homenagem aos 120 anos da capital mineira, e foi um sucesso absoluto se encaixa no estilo Pilsen, com Dry Hopping de lúpulos franceses, sendo uma cerveja de baixa fermentação, coloração amarelo claro, translúcida, de espuma branca, farta e persistente, de baixo amargor e excelente drinkability, que a torna especial.

No ano passado, a Backer conquistou ouro na categoria LAGER STYLES – INTERNACIONAL – STYLE PILSENER com a Backer Pilsen. Além disso, conquistou PRATA com a Backer 3 Lobos – Bravo na categoria YBRID/MIXED – WOOD – AND BARREL – AGED STRONG BEER. E BRONZE com a Backer Las Mafiosas Corleone na categoria ALE STYLES – DOUBLE RED ALE.

Sobre a Cervejaria Backer:

Criada em setembro de 1998, a receita do chope Backer, “made in Minas”, conquistou os clientes da antiga e renomada casa de shows de Belo Horizonte, a Três Lobos. O grande sucesso fez com que os empresários Halim e Paula Lebbos e Munir Khalil investissem em um espaço, no qual iniciaria a produção da primeira cerveja artesanal de Minas Gerais, em outubro de 2005. No final de 2014, a Backer abriu as portas do Pátio Cervejeiro, complexo que engloba o restaurante Tempo Cervejeiro e a Maternidade Cervejeira, onde são produzidas as cervejas. O local é um capítulo a parte, tendo se tornado um importante ponto turístico de BH, por tudo que representa para a cidade e o estado. O Pátio abriu as portas também para os cursos cervejeiros, que tem sido muito procurados pelos interessados em conhecer mais sobre as cervejas. A Backer produz 20 tipos de cervejas: Pilsen, Pale Ale, Trigo, Brown, Medieval, Capitão Senra, Série Três Lobos (American Pilsen), Pele Vermelha (IPA – Indian Pale Ale), Exterminador de Trigo (Wheat Beer), e a Bravo (Imperial Porter). A Brazuka foi uma cerveja sazonal para a época da Copa, mas, com a aceitação que teve continua sendo vendida no Templo Cervejeiro, a série Las Mafiosas (Corleone, Tommy Gun e Diabolique), a Pilsen Export , Bohemia Pilsen, Julieta (Fruit Beer), Reserva do Proprietário, Fargo, Cabral e Belorizontina. A Cervejaria fabrica também vários tipos de chopes.

#BackerPilsen #Backer3Lobos #MunirKhalil #CervejariaBacker #TempoCervejeiro #PaulaLebbos #Belorizontina #Fargo46 #BeloHorizonteMG #FestivalBrasileirodaCerveja #BackerLasMafiosasCorleone #MaternidadeCervejeira #ConcursoBrasileirodeCervejas

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014