Como reinventar seu bar?

Mudar, virar a página e se reinventar é necessário em diversos momentos de nossas vidas pessoais e profissionais. No caso dos negócios gastronômicos não é diferente. A sociedade muda, novas tendências surgem e isso precisa ser acompanhado. Mas afinal, como reinventar seu bar?

Essa pergunta não tem uma única resposta. Para fazer mudanças é necessário um profundo estudo do perfil de público, dos objetivos do restaurante, entre outras questões importantes.

De maneira geral, existem alguns tópicos que devem sempre ser levados em consideração ao reinventar um bar.

Como reinventar seu bar (Imagem: Divulgação)

Identidade visual

Engana-se quem pensa que a identidade visual se resume ao logotipo de uma empresa. Ela compreende muito mais do que isso, envolvendo também todos os grafismos, uso de fontes, a aplicação correta das cores e outros elementos visuais.

A identidade visual bem aplicada é importante para conquistar mais clientes! Prova disso é uma pesquisa publicada pela revista Ciências Administrativas, que analisou diversos aspectos dos restaurantes de um shopping na Bahia.

O estudo comprovou que os estabelecimentos com um alto índice de pregnância da identidade visual, também são os que tem um melhor ticket médio. Ou seja, eles vendem mais. Que tal então realizar essa mudança para reinventar seu bar?

Decoração

Ainda falando sobre aspectos visuais para reinventar seu bar, algo que precisa sempre ser considerado em um processo de reinvenção de um bar é a decoração. Para isso, verifique como está a sua fachada, o estofamento das cadeiras, a pintura das paredes e faça mudanças se julgar necessário.

Com a facilidade que os serviços delivery trouxeram, a decoração ganhou ainda mais relevância para aqueles que saem de casa e vão ao bar ou restaurante.  Deve-se compreender, portanto, que ir a um bar é hoje uma imersão cultural.

Se o seu restaurante é de comida típica italiana, por exemplo, deve também trazer uma decoração e elementos que façam lembrar a cultura da Itália. Assim, os seus clientes não apenas saborearão bons pratos, mas também terão uma experiência inesquecível.

Preço

Você já parou para pensar sobre como os clientes percebem o preço praticado no seu bar? É claro que existem diversos métodos para precificar os pratos, porém é preciso ir além e compreender sobre o preço percebido. De acordo com pesquisadores da Universidade Federal do RS, o cliente tende a voltar a consumir um produto ou serviço quando percebe que o preço é justo. Independente da ideia de caro ou barato, mas sim ao custo-benefício. É aí que questões como um ambiente diferenciado e um bom atendimento podem justificar preços mais altos. 

Aqui fica então uma questão: o que você tem feito para melhorar o preço percebido dos pratos de seu restaurante? Reflita e veja se isso precisa entrar para a lista de itens a serem reinventados!

Atendimento

Pode até parecer um assunto batido, mas falar sobre a importância do bom atendimento nunca é demais. A experiência do cliente vai sempre por água abaixo quando o atendimento não é tão bom quanto se espera. Cabe ao proprietário do restaurante, portanto, garantir que todos os colaboradores do estabelecimento atendam aos clientes com excelência.

O estudoO Estado do Atendimento ao Cliente no Brasil, demonstra que 68% dos consumidores pagariam mais por um produto, caso o atendimento fosse melhor. Mas além de garantir meios para melhorar o atendimento, também é preciso mensurar o nível de satisfação dos clientes. Segundo o mesmo estudo, apenas 49% das empresas buscam saber como os consumidores percebem o seu negócio.

Uma boa alternativa para melhorar o atendimento no restaurante é proporcionar treinamentos, como minicursos e workshops para os profissionais. Ouvir o seu cliente e conhecer suas impressões sobre seu bar ou restaurante pode ser uma peça-chave para implementar melhorias. Tente fazer pesquisas de satisfação por diferentes canais para entender o recado da sua clientela.

Cardápio

Finalmente chegamos a um dos tópicos mais importantes quando falamos na reinvenção de um bar: o cardápio. Uma reportagem produzida pelo Jornal da Globo mostrou que, devido à crise econômica, muitas pessoas deixaram de gastar  dinheiro em bares.

Para driblar essa situação, mudanças precisaram ser realizadas no cardápio dos estabelecimentos.Um exemplo de reestruturação do cardápio é o menu em que um único ingrediente serve para a elaboração de vários pratos. Isso reduz desperdícios, diminui custos e possibilita a prática de um preço mais em conta para o consumidor.

Porém, os fatores relacionados ao preço não devem ter exclusividade nessa mudança. É necessário também conhecer os desejos do seu público-alvo e a possibilidade de buscar novos perfis de consumidores para lucrar mais.

Fonte: Ultragaz

#Bar #Empreendedorismo

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014