Estádios em Santos poderão comercializar cerveja?

Estádios da cidade de Santos poderão comercializar cerveja? Esta é a pergunta dos moradores da cidade litorânea de São Paulo. A proposta de Cacá Teixeira está baseada nas recentes autorizações em estádios de Minas Gerais e mais recentemente em estádios cariocas, que receberam o aval do estado para a venda da bebida alcoólica.

A Câmara de Vereadores de Santos aprovou em primeira votação, na última segunda-feira (16), o projeto de lei 301/2015, de autoria de Cacá Teixeira (PSDB), que legaliza a venda de cerveja e chopp nos estádios de futebol da cidade, a segunda votação será feita nesta quinta-feira (19/11).

O vereador alega não existir fundamento para dizer que o consumo de bebidas alcoólicas aumente a violência nas arquibancadas.

Estádios em Santos poderão comercializar cerveja ainda este ano, na final da Copa do Brasil!

“Essa questão da violência é enganosa. Os estádios de futebol enchem faltando apenas cinco minutos para o início das partidas, porque as pessoas ficam nos bares e entram já no apito do árbitro, alcoolizados. Com a venda liberada, o torcedor poderá entrar mais cedo no estádio e ele não vai po rtar garrafas, latas, nada do tipo. Elas serão servidas em copos de plástico”, comentou, ao “Espn.com.br”.


Estádios em Santos poderão comercializar cerveja ainda em 2015 Foto Divulgação – Flickr Santos FC


“Em muitos estados, como Rio de Janeiro, Bahia, Belo Horizonte, em diversos eventos esportivos de grande porte, como a Copa do Mundo, e fora do país, sobretudo nos Estados Unidos e na Europa, a venda de bebidas nos estádios é permitida sem provocar nenhum tipo de incidente. Além disso, é muito comum ver um grande número de torcedores nos bares das imediações dos estádios, como a Vila Belmiro, minutos antes do início dos jogos, sem que isso traga problemas para o evento ou prejudique a segurança dos torcedores” – alega o vereador.

Caso seja aprovado na segunda votação, o Projeto de Lei 301/2015 ficará sob responsabilidade do prefeito Paulo Alexandre Barbosa, que decidirá se haverá venda e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios de Santos. A proposta de Cacá prevê a comercialização apenas antes da partida, no intervalo e no encerramento, os pontos de vendas serão bares, lanchonetes, camarotes e áreas VIPs nos estádios.

No próximo dia 25 de novembro o Santos tem o jogo de ida da final da Copa do Brasil, diante do Palmeiras, na Vila Belmiro. Teixeira afirmou que a intenção é ter a bebida liberada para a venda. “Se tudo der certo, a cerveja já estará liberada na final da Copa do Brasil”, concluiu.

Além da Vila, em Santos também há os estádios Ulrico Mursa, da Portuguesa Santista, e Espanha, do Jabaquara.

Fonte: Blog de Cervejas e Empreendedor Cervejeiro

#Atualidades #Cerveja #CervejaeFutebol #Política

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014