• Amaury Junior

Grisette, da historia ao copo.

Grisette é uma cerveja refrescante e com baixo teor de álcool, feita com malte de trigo e originária da província de Hainaut, na Bélgica. Grisettes são cervejas que possuem de 3,0% a 5,0% de teor álcoolico, notas cítricas, de corpo médio, clara e nítidas - fabricadas para serem infinitamente acessíveis.


Elas são uma cerveja de estação (saison), e possuem um significante valor histórico, a Grisette surgiu em meados do século XX e por serem secas e refrescantes, eram utilizadas para matar a sede dos mineiros que trabalhavam em minas de pedra no sul da Bélgica.


Curiosidade:


Uma das explicações para o nome Grisette, é de que essa era a cor das pedras mineradas pelos mineiros e outra explicação seria de que o nome Grisette - traduzido significaria algo como "pouco cinza", refira-se aos vestidos cinza das mulheres que distribuiam as cervejas para os mineiros.




Exemplo de Grisette nacional:


A cervejaria Dadiva de São Paulo, traz em seu arsenal a Fortune Ink, que é que uma Grisette de 3,2% ABV e com adição do lúpulo neozelandês Nelson Sauvin. Um lúpulo com perfil de frutas brancas, lembrando bastante o perfil frutado de vinhos brancos e com uma leve picancia. No rotulo traz a imagem de um peixe que representa fortuna, na cultura Maori.


Gostou de saber sobre mais uma cerveja histórica? Continue acompanhando o site e as páginas no Instagram @cervejaemfoco e @respirandocerveja, para mais informações nesse mundo de água, malte, lúpulo, levedura e um pouco mais!



©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014