HEINEKEN entra no mercado equatoriano de cervejas com a aquisição da BIELA ECUADOR

Amsterdan, 2 de maio de 2019 – A Heineken NV comunicou a aquisição majoritária na Biela e Bebidas do Equador SA BIELESA («BIELA ​​EQUADOR») de um grupo local investidores.

HEINEKEN entra no mercado equatoriano de cervejas com a aquisição da BIELA ECUADOR (Imagem: Divulgação)

Nos últimos anos, a BIELA ​​EQUADOR estabeleceu seu lugar no mercado de cerveja equatoriano, relançando a marca Biela. A cervejaria BIELA ​​está localizada em Guayaquil, a maior cidade do Equador, e está totalmente operacional usando equipamentos de fabricação de cerveja e embalagens de alta qualidade. Além da Biela, a HEINEKEN pretende comercializar seu portfólio de marcas premium e internacionais, lideradas pela Heineken, no futuro. A HEINEKEN também planeja fabricar cerveja Heineken localmente em breve.

Marc Busain, presidente das Américas na HEINEKEN, disse: “Temos o prazer de anunciar nosso investimento no Equador. Com sua demografia favorável, grande indústria do turismo e crescimento do PIB, oferece muito potencial para aumentar nossa oferta premium, liderada pela Heineken. Estamos empolgados em expandir nossos negócios no Equador em estreita colaboração com nossos novos parceiros. “

Luis Enrique Landinez, CEO da BIELA ​​EQUADOR, falando em nome do grupo de investidores disse: “Estamos muito satisfeitos por ter concluído esta aliança com a HEINEKEN, que é uma boa notícia para o Equador e seus consumidores, que terão uma escolha mais ampla e melhor de produtos. O relançamento bem-sucedido da marca Biela®, seu reconhecimento atual no mercado e o ambiente de investimento favorável gerado pelo governo equatoriano atraíram a HEINEKEN para o Equador. “

O Equador é um mercado muito atraente, com o PIB projetado para crescer a uma taxa de 5,7% (CAGR) nos próximos 10 anos e incentivar os fundamentos socioeconômicos. O mercado equatoriano de cervejas apresenta uma oportunidade promissora para a HEINEKEN, com um tamanho atual de 6 milhões de hectolitros por ano e um consumo relativamente baixo per capita de 39 litros, quando comparado a outros países sul-americanos. Além disso, o governo equatoriano apóia o investimento estrangeiro e a introdução de concorrência no mercado de cerveja.

Termos financeiros não são divulgados.

Fonte: Heineken

#BielaEcuador #Heineken

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014