Heineken mantém-se otimista com o mercado brasileiro

Nem mesmo os efeito da crise econômica no consumo tiraram a visão otimista de Didier Debrosse, CEO da Heineken Brasil, para os negócios no País. “Embora estejamos em um cenário desafiador, acreditamos no potencial do mercado e estamos aqui para ficar e crescer. Nesses oitos anos, o mercado brasileiro respondeu muito bem aos nossos avanços e produtos”, afirmou o executivo em entrevista ao jornal Valor Econômico.

De acordo com a Heineken, no primeiro trimestre deste ano suas vendas na região das Américas, que inclui o Brasil, cresceram 42,5%. Sem revelar os números exatos, a empresa afirma que as vendas por aqui tiveram aumento de “duplo dígito”. “O Brasil é um mercado de cerveja altamente atrativo e resiliente e, apesar do recente impacto dos desdobramentos macroeconômicos e políticos no crescimento do PIB, continua a oferecer uma perspectiva atraente de longo prazo”, acredita Debrosse.

Atualmente, a Heineken Brasil está focada na estratégia de aumentar sua presença no País, por meio de expansões e modernização de cervejarias. A empresa também investe para melhorar processos e inovação nos próximos três anos.

#HeinekenBrasil

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014