Lite American Lager


Skol Ultra, a primeira cerveja brasileira do estilo Lite American Lager sem milho na composição.


Aroma: Pouco a nenhum aroma de malte que, se presente, pode lembrar cereais, ser doce ou parecido com grãos. O aroma de lúpulo pode variar de nenhum até uma presença leve, com notas florais ou de especiarias. Características da levedura (maçã verde, DMS ou frutado) são opcionais, mas aceitáveis em níveis baixos. Sem diacetil.

Aparência: De cor palha muito clara até amarelo claro. Colarinho branco, bem espumante e que raramente persiste. Muito límpida.

Sabor: Seco e com final bem definido (crisp) com baixos níveis de dulçor de cereais ou lembrando grãos. O sabor de lúpulo varia de nenhum a leve. Baixo amargor de lúpulo. O equilíbrio pode variar de levemente maltoso até levemente amargo, mas é relativamente perto do centro. Altos níveis de carbonatação podem criar uma leve sensação de acidez ou secura. Sem diacetil. Sem sabores frutados.

Sensação na Boca: Corpo muito leve devido à alta quantidade de adjuntos como arroz e milho. Bastante carbonatada com uma leve picância de gás carbônico na língua. Pode parecer aguada.

Impressão Geral: Muito refrescante e que mata a sede.

Comentários: Uma cerveja de baixa densidade e com menos calorias do que uma lager internacional comum. Sabores fortes são considerados defeitos. Feitas para agradar a maior quantidade possível de pessoas.

Ingredientes: Malte de duas ou seis fileiras com uma alta porcentagem (até 40%) de adjuntos como arroz ou milho.

Estatísticas:

OG: 1,028 – 1,040 IBUs: 8 – 12

FG: 0,998 – 1,008 SRM: 2 – 3

ABV: 2,8 – 4,2%

Exemplos Comerciais: Bitburger Light, Sam Adams Light, Heineken Premium Light, Miller Lite, Bud Light, Coors Light, Baltika #1 Light, Old Milwaukee Light, Amstel Light

Fonte: BJCP / Foto: Reprodução

#BJCP #LiteAmericanLager

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014