Microcervejarias sustentáveis: nova oportunidade de negócio

Você sabia que o Brasil é um dos maiores produtores e consumidores de cerveja do mundo? Admiradores, dois terços da população escolhe a cerveja como bebida preferida na hora das comemorações.

A produção e o consumo aumentam cada vez mais no País, assim como a popularização da cerveja artesanal, graças às microcervejarias artesanais que surgem em todos os lugares e promovem o acesso a esse tipo de produto. A produção de cerveja artesanal é um processo facilmente adaptável à sustentabilidade.

Se você quer empreender neste nicho, confira aqui um breve panorama de mercado, como as microcervejarias podem aplicar ações sustentáveis aos seus negócios e quais as tendências na área.

Boletim Microcervejarias Sustentáveis (Imagem: Divulgação)

O mercado

Características do mercado da cerveja produzida no Brasil:

  1. é o terceiro maior produtor do mundo;

  2. a produção brasileira aumentou 64% na última década;

  3. dos 8,2 bilhões de litros da bebida, passamos a produzir 13,4 bilhões.

Neste mercado, estão as microcervejarias:

  1. em 2012, a cerveja artesanal representava 8% no mercado de bebida, subindo para 11%, em 2014, e 17%, em 2016;

  2. em 2016, o número de cervejarias cresceu 39,6%, o que representa 148 novos locais;

  3. segundo o Instituto da Cerveja, a projeção é de que, até o final de 2017, o número de microcervejarias chegue a 500;

  4. a participação de microcervejarias ainda é muito pequena, apenas 0,7% do volume produtivo, segundo Instituto da Cerveja Brasil (IBC)

  5. o que mostra que há espaço para o crescimento deste setor, a fim de valorizar o micro e pequeno empresário

Conheça algumas ações sustentáveis

A cerveja artesanal:

A cerveja artesanal é produzida de maneira caseira, ou seja, o empresário, geralmente, pode ser enquadrado como microempresa (ME). Os equipamentos utilizados são pequenos, as produções são restritas para manter o nível de exclusividade; os ingredientes e as receitas podem ser desde os já consagrados até as criadas por eles próprios, o que gera produtos de sabores peculiares, mesmo que o tipo da cerveja seja algum já conhecido.

Microcervejarias:

As microcervejarias se caracterizam por serem empresas constituídas e legalizadas, com receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil (de acordo com as Leis Complementares n. 123/2006 e n. 139/2011, também chamada de Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas), com pequenas instalações, para poder produzir até de 200 mil litros/mês. Atenção: se a produção passar disso, a empresa não é mais considerada microcervejaria.

O boletim de tendência do Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae apresenta ainda como funciona o processo produtivo e as ações sustentáveis deste negócio e alguns casos de sucesso. Baixe o conteúdo de graça aqui!

Fonte: Sebrae

#Boletim #Microcervejaria #Sebrae

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014