• Maria da Hora

O mercado cervejeiro brasileiro ganha um livro jurídico

A cerveja está ligada as leis desde 1516, quando o duque Guilherme 4º, da Baviera publicou um regulamento conhecido como Reinheitsgebot, à lei de pureza da cerveja alemã.


Em vigor até hoje no país tradicionalmente conhecido como amante e consumidor ávido da bebida, a lei estabeleceu que esta devesse ser produzida apenas com água, malte de cevada e lúpulo, mas o tempo foi passando, mudanças surgiram, até que, os conhecimentos sobre a levedura foram aprimorados e ela também passou a ser considerada parte da fórmula.


Na prática, a lei serviu também como uma precursora do direito do consumidor e eliminou cervejeiros amadores do mercado, além de impor limites a preços abusivos e evitar que cereais úteis para alimentar a população fossem usados para compor as bebidas.


Depois do surgimento da Reinheitsgebot muitas leis surgiram e isso trouxe muitas mudanças para o mercado cervejeiro, mas infelizmente pouquíssimas pessoas "linkam" o mercado cervejeiro ao meio jurídico, mesmo com o fácil acesso às informações.


Quando você escuta ou lê a palavra mercado cervejeiro, o que imagina? O lançamento de algum equipamento ou cerveja? Fusão de cervejarias? Crise no meio cervejeiro?

Bom, dá para imaginar várias opções, não é mesmo? Mas, a matéria de hoje é voltada para um projeto de praticamente dois anos, que se transformou em livro e que poderá contribuir muito para todos os profissionais, tanto da cerveja quanto do meio jurídico.



O advogado André Lopes é sócio do escritório Lopes, Verdi & Távora que fica localizado em Porto Alegre/RS, André se especializou em atender a demandas do mercado de produção de cerveja artesanal no Brasil e com isso surgiu o projeto do livro Direito para o Mercado da Cerveja onde os advogados Cristiano Távora, Vinicius Verdi e Elisabeth Bronzeri são coautores da obra.


O livro abordará assuntos das áreas de Direito Civil, Comercial, Empresarial, Tributário e do Trabalho, que envolvem os mais diversos dilemas jurídicos e cervejeiros, entre eles estão: planejamento tributário, rotulagem, contratação e sociedades.


O livro está na fase de pré-venda com o valor promocional de R$ 45,00 e você poderá adquiri-lo através do site da Editora Krater até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 10 de agosto/2020, após o lançamento o valor passará para R$ 54,90 e lembrando que, o envio do exemplar é para todo o Brasil.

O lançamento oficial ocorrerá no dia 11 de agosto/2020, durante uma live com o André no Youtube, pelo canal da Abracerva.


Para acompanhar ou saber mais sobre o projeto acesse o site Advogado Cervejeiro ou siga no Instagram @advogadocervejeiro.


Fique ligado em nossas matérias que, em breve terá resenha sobre esse livro.





©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014