Quarentena impede inauguração de brewpub carioca que funciona a portas fechadas para o público

A cidade do Rio de Janeiro terá um novo brewpub. Pertence à marca Cerveja 09 e fica em Ipanema. O nome oficial é Coletivo Gastronômico Artesanal.


O local mal entrou em soft opening e teve que fechar as portas por conta da quarentena de combate ao Corona vírus que determinou isolamento social. Improvisar delivery para alguns bairros do Rio de Janeiro foi a solução para garantir algum funcionamento.


Um dos sócios da marca, Bruno Antunes conta que ter um brewpub era um “sonho desde sempre”. Porém, apesar do novo negócio, a Cerveja 09 continuará a produzir como cigana.


Com quatro tanques, o brewpub tem capacidade de produção de 850 litros por mês. Por lá serão feitas “receitas diferentes” para manter o bar com 20 torneiras constantemente abastecido com novidades. Os rótulos “da casa” terão lotes de, no máximo, 250 litros, ou seja, menos do que dez barris. Já os atuais quatro rótulos de linha da marca continuarão sendo feitos de forma cigana, com produção de cerca de dois mil litros por mês.


“A maioria das torneiras será ocupada com produção nossa, mas teremos alguns convidados. Os pontos de venda continuarão a receber nossos rótulos de linha. Eventualmente, podemos mandar algum barril das cervejas feitas no brewpub para algum bar em outro bairro. Testar receitas não é viável quando se é cigano. Por isso, manteremos os dois modelos de negócio”, comenta Bruno.


O Espaço 09 ocupa um casarão de 170 metros quadrados distribuídos por três andares e uma varanda no térreo. Tem capacidade para 70 pessoas sentadas. A fábrica ocupa cerca de 40 metros quadrados.

No brewpub vai ter cardápio, mas a casa pretende continuar a não se preocupar (muito) com essa parte. Para isso, fechou parceria de cozinha com três marcas que abastecerão a casa com pizza, hamburger, petiscos e até drinques – daí o nome Coletivo Gastronômico.


Ter que fechar as portas para o público antes mesmo de abri-la, foi um balde de água fria que deixou a equipe do espaço, por uns dias, sem ação:


“Fizemos um teste de funcionamento no carnaval. Naquele momento, trabalhamos com freelancers. Estávamos começando o processo de contratação dos oito funcionários quando tivemos que parar. Todos seriam contratados e ainda pretendemos contratar todos eles. Se já tivéssemos funcionários, não sei como seria. Nós demoramos para agir. Inicialmente, não teríamos serviço de delivery e tivemos que começar a ter. E growler estava em falta no mercado. Além disso, o I Food estava lotado e, por isso, demoramos para conseguir entrar. Começamos fazendo entrega por conta própria e continuamos fazendo isso”, conta Bruno.


Apesar das dificuldades, ele se diz otimista. Feitas as contas, acredita que se puder abrir, em três meses, com apenas 30% da capacidade de público, terá passado pelo pior momento. Se o quadro for diferente, ele não tem ideia do que pode vir a acontecer com seu negócio.

“Tem dono de bar achando que já vai poder reabrir em junho. Acho que não é por aí. Vai ser uma retomada gradual, até que, em alguma hora, volta ao normal. Nós não tínhamos a cultura do delivery de chope e é isso o que está segurando um pouco o movimento. Mas só delivery, por muito tempo, não segura o negócio”, comenta. “Pelo lado do público, tem a questão da pouca grana, mas também o medo de sair, de ir para lugares fechados”.

O Coletivo Gastronômico Artesanal – Espaço 09 fica na rua Farme de Amoedo 43,  Ipanema, RJ.

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014