Rótulos brasileiros são apresentados na BrauBeviale

Divulgação BrauBeviale 2016


Um mercado que não para de crescer. É assim que podemos classificar o setor cervejeiro nos últimos anos aqui no Brasil. Hoje, essa cadeia produtiva já movimenta R$ 74 bilhões por ano, respondendo por 1,6% do PIB nacional, segundo uma pesquisa realizada pela Fundação Getulio Vargas para a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (Cerv Brasil). Representada pelo diretor e professor da Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM), Carlo Enrico Bressiani, a cerveja brasileira ganha cada dia mais destaque internacionalmente, onde 14 rótulos nacionais foram apresentados, degustados e receberam elogios durante a mais importante feira do mundo segmento de cervejas: a Brau Beviale, que foi realizada entre os dias 8 e 10 de novembro, em Nuremberg, na Alemanha.

O brasileiro Júlio Rangel, estudante de Tecnologia Cervejeira e Engenharia de Bebidas na Alemanha, ficou feliz com a oportunidade de poder apresentar a cerveja brasileira para os amigos europeus. “Para eles é completamente nova, existem sabores que não são conhecidos por aqui. Um exemplo é a cerveja com pitanga ou a Hop Arabica. Todos ficaram bem impressionados com o sabor brasileiro”, elogia. Bressiani reforça a importância da participação brasileira em eventos como esse. “Foi a oportunidade de trazer algumas cervejas brasileiras para serem degustadas por importadores e distribuidores europeus. Aproveitamos a chance e geramos bons contatos que devem se transformar em negócios promissores nos próximos anos”, destaca.

Durante o evento, que reúne cervejeiros de todo o mundo, a cerveja brasileira foi elogiada por outras culturas. “Percebe-se que no Brasil há a uma busca pelos ingredientes, como as frutas frescas. É uma boa mistura, tornando o processo elaborado. Com certeza fazem um bom trabalho”, revela o canadense Araile. Já o francês Jeroime disse ter gostado muito das cervejas que contam com alguns ingredientes específicos, como as que têm café ou pitanga adicionados. “São cervejas que contam com a identidade brasileira. São saborosas e seguem a fórmula de usar ingredientes típicos do país, o que é perfeito. Uma experiência agradável”, finaliza.

Cervejas degustadas no BrauBeviale 2016:

Divulgação BrauBeviale 2016


  1. Cervejaria Bier Hoff – Curitiba/PR

Cervejas: Jerimoon Pumpkin Ale; Cocada Preta

  1. Cervejaria Container – Blumenau/SC

Cervejas: Wembley; Black Sheep

  1. Cervejaria Coruja – Porto Alegre/RS

Estilos: Baca; Coice

  1. Cervejaria Falke Bier – Belo Horizonte/MG

Estilos: Estrada Real India Pale Ale; Ouro Preto Schwarzbier

  1. Cervejaria Leopoldina – Garibaldi/RS

Estilos: IPA; Witbier

  1. Cervejaria Maniacs – Curitiba/PR

Estilos: Pilsen; IPA

  1. Cervejaria Morada Cia. Etílica – Curitiba/PR

Estilos: Cupuaçu Sour; Hop Arabica

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014