Setor de bebidas é o que mais lança produtos em 2019

O Índice de Atividade Industrial, calculado pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, registra saldo positivo para o segmento de bebidas neste ano. O registro de novos pedidos de códigos de barras de produtos, atribuídos pela associação a cada lançamento, aumentou entre janeiro e outubro de 2019. É o segmento de indústria que mais lançou produtos no país, comparado a outros como alimentos e têxtil por exemplo.

Uma pesquisa da Kantar Worldpanel apontou que o consumo de cerveja apresentou crescimento no último ano no Brasil. Em 2016, a bebida era consumida em 62,3% dos lares, percentual que subiu para 2017 e para em 2018. O estudo ainda revelou que é longe de casa que ocorre a maior parte do consumo: 64% do volume total de cerveja é consumido fora do lar e o que mais pesa na escolha do produto é a busca por sabor (62%).

Já em um levantamento feito pela Mintel, divulgado em novembro de 2018, apontou que consumidor de cerveja prefere qualidade a quantidade, sendo que os brasileiros que participaram da pesquisa afirmaram preferir beber pequenas quantidades de cerveja mais cara a grandes quantidades de cerveja de menor custo.

Dados como estes impulsionam o setor cervejeiro, um dos mais tradicionais do Brasil. A expansão da cerveja artesanal é prova disso. O pais fechou o ano de 2018 com 889 cervejarias em operação e em 2019 ultrapassou o número de 1000 cervejarias. Nessa soma estão apenas as que têm fabricação própria, portanto se somadas às ciganas (que usam instalações de terceiros) a quantidade é bem maior. Estes números fazem parte do Anuário da Cerveja no Brasil 2018, divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Setor de bebidas é o que mais lança produtos em 2019 (Imagem: Divulgação)


#Cervejaria #MercadodeBebidas #Mintel

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014