Uma cerveja por dia para se manter saudável

Atualizado: Fev 17

Cafe da manhã Bávaro de Munique (Imagem: Divulgação)

Boas notícias para os entusiastas da cerveja: um novo estudo mostrou que beber certas cervejas com moderação pode ajudar a manter uma comunidade saudável de micróbios intestinais. 

Cervejas belgas como Hoegaarden e Westmalle Tripel são ricas em micróbios probióticos e podem oferecer uma série de benefícios à saúde.

Eric Claassen, da Universidade de Amsterdã, compartilhou sua pesquisa sobre cerveja em um evento organizado pelo fabricante de bebidas probióticas, Yakult . 

A razão pela qual certas cervejas, especialmente as de estilos belgas são boas para sua saúde é por serem fermentadas duas vezes para quebrar mais açúcares. Uma levedura específica é usada no segundo lote de fermentação que produz ácidos.

Esses ácidos são venenosos para muitas bactérias que nos fazem adoecer.

“Você está adquirindo uma cerveja mais forte e muito, muito saudável”, afirmou Claassen

No entanto, esta pesquisa não dá um passe livre para começar a beber cervejas. Claassen enfatizou a importância de beber com moderação e de fato limitar o consumo de cerveja a apenas uma por dia. 

Claassen afirmou que “em altas concentrações, o álcool faz mal ao intestino, mas se você beber apenas uma dessas cervejas todos os dias, seria muito bom para seu organismo”.

Os probióticos são bem conhecidos por serem saudáveis ​​para o nosso intestino.

Já existem alimentos e bebidas como kimchi, iogurte e kefir que são extremamente saudáveis ​​para nossos intestinos. No entanto, para pessoas intolerantes à lactose ou para aquelas que simplesmente não gostam de alimentos ou bebidas fermentadas, essa opção de cerveja pode ser uma adição bem-vinda à lista de bebidas saudáveis. 

Acredita-se que os probióticos restaurem o equilíbrio natural de bactérias no intestino, principalmente após o tratamento com antibióticos, que normalmente irritam o estômago e os intestinos.

Deve-se notar, no entanto, que as evidências exatas dos benefícios dos probióticos ainda são limitadas. 

#CervejaeSaúde #probiótico #CervejaBelga #intestino #EricClaassen

©2020 por Cerveja em Foco. Desde 2014